HÁ PESSOAS QUE NÃO GOSTAM DE MIM

 

Há pessoas que não gostam de mim! E isso deixa-me triste. Por elas, evidentemente! 

Não sabem a oportunidade que perdem por não terem o privilégio de poder conviver com alguém como eu. 

Sei que sou uma afronta para homens e mulheres, de modo diferente, mas não deixa de ser afronta….. 

 

 

A minha frontalidade, força, determinação ou como muitos dizem “mania que sei tudo” que gostam de adjectivar de arrogância é realmente um obstáculo que muita gente tem dificuldade em transpor quando pretende conviver comigo. 

 

Nas amizades, torna-se uma mais-valia porque apenas fica quem vale a pena e a seleção faz-se naturalmente. 

 

Sei que é muito difícil gostar de mim quando não se gosta de si próprio. 

Compreendo perfeitamente e aceito com naturalidade, aliás, acontece-me o mesmo. 

É-me muito difícil conviver com pessoas ……. pobres. (foi-me tão difícil encontrar a palavra). 

“Pobre” é todo aquele que é incapaz de deixar que o seu Espírito se manifeste. 

 

Esta é a minha definição de “pobre” e, vá-se lá saber porquê, eles afastam-se sem esforço do meu caminho (terão as suas razões). Somos um Espírito que precisa de um corpo físico para se manifestar. 

Isto é tudo o que Somos ou o que cada um de nós É. 

 

Quando nos interrogamos sobre quem somos e não conseguimos chegar a esta conclusão, devíamos perceber que está tudo errado com o que pensamos. 

 

Basicamente está errado apenas porque pensamos e o Espírito não se encontra no pensamento. 

 

Formatados desde tenra idade com ideais impostos em “palavras-chaves” castradoras, crescemos com pré-conceitos estabelecidos: – de quem gostas mais, do pai ou da mãe? – o que queres ser quando cresceres? – não percebes que se não fores bom aluno, serás um “zé-ninguém”? 

 

Exemplos de questões com que bombardeamos os nossos filhos ou os filhos dos outros, apenas porque são crianças, adolescentes ou jovens adultos. 

 

Fomentamos a dúvida e a divisão dos afectos, reduzimos, assim, o Amor a uma necessidade emocional de cada vez que impomos a escolha (entre os progenitores). 

 

Assim como reduzimos o Amor a uma necessidade racional sempre que o nosso ideal de vida é transformado em profissão ideal. E, não deixa de ser ainda mais diabólico quando reduzimos o nosso Amor-próprio a uma comparação eletiva de um estatuto redutor. 

 

Formatação é a palavra usada num mundo onde a Matrix impera. 

O Pensamento é sobrevalorizado ao Sentimento e mesmo à Emoção. Pensamos e criamos dogmas. Delineamos os caminhos e focamos objectivos. Usamos a razão como pedestal e seguimos cegos com os olhos postos no fim. 

E é dessa pobreza que falo, duma pobreza, muitas vezes vestida de Prada ou Boss, adornada de Rolex e transportada em Ferraris, duma pobreza invejada por muitos. Duma pobreza que cultua os bens materiais e reduz os sentimentos à adulação. 

 

Há pessoas que não gostam de mim! 

E sinto pena… Pobres Espíritos escravizados em prisões de Ego. 

 

 

Texto da autoria de Ana Paula Claro

Gostaste? Partilha com os teus amigos, ajuda-nos a crescer. Grata Fátima Carvalho.

Quem é Ana Paula Claro?

"Sou uma mulher feliz e mãe de quatro filhos e neste momento estou casada com um homem extraordinário.
Mas sou essencialmente um Espírito que habita um corpo que possui uma mente em constante descoberta.
Neste processo vou sendo Astróloga, escritora e facilitadora de várias terapias onde utilizo alguns Oráculos como Runas, Dados, Tarot, Cartomancia, Baralho Cigano, I Ching.
Reiki, Magnifield Healing, Cura Quântica, Radiónica, Numeralogia e o Pêndulo são outras técnicas que aplico.
A energia é a Linguagem do Universo, todas estas disciplinas são métodos que nos conduzem a ele.
Os Caminhos são muitos, o Destino é o mesmo.
Escrevi um livro que se chama "Porque a vida acontece" e é um livro de auto-ajuda, ajudou-me imenso escrevê-lo!
É biográfico. levou-me ao passado... desta e de outra vida.
O que pretendo com esta rubrica "uma outra visão"?
Pretendo escrever sobre temas que, há uns anos, se chamavam "ciências ocultas ou paranormais" e hoje foram transformadas em "espiritualidades" e tentar desmistificar conceitos errados e dúbios.
Tenho 55 anos, vivo no paraíso e convido-vos a conhecerem-me e a desvendarem-se

Bem Hajam!"

Peças de Puzzle

Sentir

SENTIR Foto de Pixabay Estou eu aqui desnudaE transparenteDe olhos fechadosE a sentirSim, a sentirPorque eu gosto de sentir Gosto de sentir o solGosto de

Ler mais

Atitudes que brilham

O objectivo do grupo além de algumas partilhas positivas é o convite a algumas reflexões com o intuito de evoluirmos e de percebermos que não é o sucesso que cria a felicidade, mas que é a felicidade e superação que cria o sucesso.

Queres fazer parte do mesmo? Inscreve-te em: Atitudes Que Brilham

Gostaste? Partilha com os teus amigos, ajuda-nos a crescer. Grata Fátima Carvalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Download WordPress Themes Free
Download Best WordPress Themes Free Download
Download Nulled WordPress Themes
Download Premium WordPress Themes Free
lynda course free download
download intex firmware
Premium WordPress Themes Download
free online course
error

Segue-nos: