EXISTEM DÉFICES NA ECONOMIA OU DÉFICES EM AMOR?

Destruímos o nosso planeta ou curamos o nosso planeta?

 

Podemos destruir o planeta e ele encontrará uma solução para se regenerar sozinho, quem tem impedido a cura somos nós que continuamos a destruir. Porquê? Porque evitamos olhar para o nosso interior, conhecendo melhor quem somos, conhecer os nossos pensamentos, filtrar os nossos pensamentos, pensar menos e com mais qualidade para nutrir o nosso coração e nos permitimos a evoluir enquanto seres humanos e seres espirituais. O estado do Planeta é um reflexo de nós. A espécie humana desaparecendo do planeta, não fará com que ele desapareça. A Mãe Natureza não precisa de nós, somos nós que precisamos dela. É importante aceitar que chegamos a uma fase de degradação extrema e onde a responsabilidade é de todos nós, depois da aceitação, questionarmos: “Onde está a minha Paz interior? Onde está a minha bondade para comigo mesmo?”


Imagina que o teu coração é o planeta, o que estás disposto a fazer com ele?


Chegou a altura de quebrar todas as máscaras, rasgar os rótulos, olhar para dentro, perceberes quem És e saberes que tens todas as capacidades de resgatares-te a ti e de ti mesmo, e salvar o planeta trabalhando em cooperação.


Tudo o que tem estado a ser semeado há muitas décadas, está cada vez mais a chegar à superfície, fazendo com que nos afundemos, tal como é o caso da pedofilia, disfuncionalidades das famílias, aumento de doenças fabricadas, aquecimento global, desaparecimento de glaciares, subida dos níveis da água, incêndios, poluição e outras ameaças que pairam sobre o nosso querido e lindo planeta Terra, sobre as nossas crianças, sobre toda a humanidade.

 

O planeta respira, tem um bater de coração e tem tomado conta de nós, desde que somos crianças, até antes de nascermos Este querido planeta com Amor sempre providenciou tudo o que necessitamos. 

 

Nasceu em harmonia e perfeitamente equilibrado. Tudo foi feito para vivermos em perfeito equilíbrio e em absoluta e perfeita harmonia.

 

Pois é! E a grande e “perfeita” humanidade que se esqueceu de toda a humildade, pensa que sabe tudo e afinal tem andado este tempo todo em autodestruição a fazer os possíveis e impossíveis para rebentar com o planeta, matando tudo e todos, através da ausência de respeito dos ciclos da vida e da destruição do equilíbrio do planeta.

 

A nossa ignorância e ambição desmedida têm destruído tudo.

 

Se dermos cabo da Terra, o que será de nós e das crianças? 

 

Tenho-me apercebido de três tipos de comportamentos: 

 

– Aqueles que preferem continuar a ignorar, brincando ao faz de conta que nada se passa.

 

– Aqueles que se sentem esmagados com a dimensão dos problemas, e acham que não podem fazer nada e que os outros vão resolver.

 

– E continuam todos a apontar os dedos uns para os outros para ver quem tem mais razão ou é mais culpado, assim torna-se mais fácil a aparente desresponsabilização, distraindo-se daquilo que realmente importa.

 

A grande realidade é que todos somos responsáveis e cada um de nós pode fazer alguma coisa, mesmo que aparentemente não surjam resultados imediatos, a mãe Terra sentirá o que estamos a fazer e responderá em forma de Amor e Gratidão.

 

Neste período de transcendência, sugiro que todos estes problemas possam servir de catalisadores para demonstrar à sociedade global como temos tido um enorme défice… Não défice na economia, mas um enorme défice de Amor e Compaixão. Juntos podemos tornar o planeta, num planeta Vivo de Amor onde seja possível ouvir com alegria e prazer o bater do coração da mãe Terra juntamente com o bater dos nossos corações.


Todos nós gostaríamos de ser amados pelo que somos, independentemente da cor da pele, da cor dos olhos, de ser baixo ou alto, nascemos para ser felizes e aprendermos a amar incondicionalmente, em primeiro lugar a nós próprios para depois conseguirmos oferecer Amor de coração aberto.

 

É urgente elevarmos os nossos níveis de consciência para ser possível fazer decisões conscientes, responsáveis, inteligentes e amorosas.
Existem coisas que nos assustam (faz parte da evolução e do processo do despertar), mas ao superar essa fase da indignação e receio, podemos começar a fazer algo para solucionar os problemas.

 

Em todo o Universo e mais além, desde os problemas da pedofilia, os das doenças fabricadas, os problemas de fome, tudo e tudo requer o nosso Amor.


É possível limpar as nossas mentes, libertar as emoções não saudáveis e sentir, trabalhar mais com o coração, limpando as confusões que andaram a ser criadas. Quando observamos o que nos rodeia com atenção, percebemos tudo o que precisa que cuidemos.
Hoje, as opções e decisões de cada um de nós terão um impacto tremendo sobre o nosso futuro, sobre o planeta e sobre todas as crianças do planeta, onde todos somos responsáveis.

 

Já começaste a perceber a importância do crescimento pessoal? Percebes a importância da tua evolução humana e espiritual?

 

Então aplica tudo isso ao planeta. Mas, se fores um activista de algo e esqueceres de ti, não será possível alcançar o equilíbrio. Tal como se pensares só em ti, e esqueceres o planeta, também não resultará.

 

É urgente mudarmos a nossa maneira de pensar, a nossa forma de agir e começar a sentir mais o que se passa à nossa volta, não podemos continuar a alimentar a separação.

 

Precisamos conquistar e elevar a nossa Paz Interior, esse será o maior contributo que podemos oferecer ao planeta.

 

Algumas pessoas às vezes dizem-me que simplifico muito as coisas, e é verdade! Não adianta e já não há mais tempo de andarmos com “coisinhas” quando as respostas já são evidentes.

 

Não temo sentir, falar ou escrever sobre Amor. A vida tem-me vindo a ensinar que quando percebemos quem somos, nos aceitamos, perdoamos e amamos a nós mesmos, não faremos mais mal a nós próprios e nem a ninguém. Com Paz interior não teríamos guerras, nem pessoas a morrer de fome, nem pedófilos, nem terroristas e nem doenças fabricadas.

 

Simples, não É?

 

Mais Amor, Mais Bondade, Mais Actos de Gentileza, Mais Perdão, Mais Compreensão.

 

Eu sei… Simples, mas dá trabalho! 

 

No entanto dá trabalho, mas é possível!

 

Paz Interior é sinónimo de Paz Mundial, é por isso que o Amor cura, o Amor é a maior de todas as forças curativas de todo o Universo e mais além.

 

Com Amor,

Fátima Carvalho

 

Gostaste? Partilha com os teus amigos, ajuda-nos a crescer. Grata Fátima Carvalho.

Humanização

Vida

VIDA A vida é uma oportunidade, aproveita-a. A vida é beleza, admira-a. A vida é

Ler mais

Atitudes que brilham

O objectivo do grupo além de algumas partilhas positivas é o convite a algumas reflexões com o intuito de evoluirmos e de percebermos que não é o sucesso que cria a felicidade, mas que é a felicidade e superação que cria o sucesso.

Queres fazer parte do mesmo? Inscreve-te em: Atitudes Que Brilham

Gostaste? Partilha com os teus amigos, ajuda-nos a crescer. Grata Fátima Carvalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Download WordPress Themes Free
Download Premium WordPress Themes Free
Download Best WordPress Themes Free Download
Download Nulled WordPress Themes
free download udemy paid course
download huawei firmware
Download Premium WordPress Themes Free
download udemy paid course for free
error

Segue-nos: