Um dia mais sensível

 
Existem dias em que estamos mais vulneráveis e mais sensíveis… Não tem mal.

Existem dias que estamos com maior vulnerabilidade
… quando partilhamos com alguém alguma das nossas dores do passado… não tem mal.

Se esse “algo” de alguma maneira ainda é sensível… é porque estás a trabalhar nele para torná-lo num ponto ainda mais forte… não tem mal, baixar as “armas” ou as defesas em algumas situações. É preciso! Ou talvez seja essencial.

Se alguma coisa ou situação criar-te a vontade de falar de um assunto tão íntimo ou pessoal para ti…
quando fizeres uma pausa e respirar…
questiona:
Qual o “presente” que esse momento está a revelar sobre mim? Qual a oportunidade que esse momento está a trazer para a minha vida para que eu possa superar-me ainda mais?

Lembra-te que não escolheste o papel de vítima e não és vítima… És Guerreira e Guerreiro!

Não precisas de entrar em luta e em conflito interno… é ir aceitando… é ir libertando… aprender a (re) significar e decidir como crescer ainda mais com essa situação, inclusive aprender a agradecer não à dor que viveste, mas à aprendizagem que ela te trouxe.

Hoje foi um desses dias para mim.

Grata pelo teu tempo para leres as minhas palavras.

Um abraço especial,
 
Fátima Carvalho

Gostaste? Partilha com os teus amigos, ajuda-nos a crescer. Grata Fátima Carvalho.

Mais sugestões de leitura:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error

Segue-nos: